Dansk
Português
Foreningen: Spiritistisk Association Allan Kardec           
Sobre nós

Nossa história

A Associação Espírita Allan Kardec, nasceu em 1. de abril de 2014, na Kroghsgade, 3 Copenhague - Østerbro, tendo na ocasião como fundadoras Roseli Adorni Biker duas outras brasileiras que migraram há muitos anos para as terras escandinavas. A partir de sua longa e profícua caminhada nas lides espiritistas, deram continuidade, desde então, a sua missão, no exercício das tarefas de estudo e divulgação da Doutrina Espírita codificada por Allan Kardec, e das práticas da mediunidade com Jesus, a serviço de brasileiros e dinamarqueses.

Como uma nova semente de luz, esta Associação Espírita vem representando o Espiritismo no país de Niels Bohr, Hans Christian Andersen e Tycho Brahe. Semente que já floresceu e frutificou, graças ao empenho dos seus trabalhadores e ao solo fértil em que foi plantada, a querida Dinamarca e o coração de sua gente!

A AEAK iniciou suas atividades com passos singelos e seguros, alicerçados no Evangelho de Jesus e nas obras basilares de Allan Kardec. De sua cooperação, já se pode notar, há algum tempo, o crescimento do Movimento Espírita na Dinamarca.

Suas fundadoras escolheram a figura notável de Humberto de Campos, como o patrono espiritual da novel instituição. Escritor e jornalista brasileiro, membro da Academia Brasileira de Letras, onde ocupou a cadeira de número 20. Desencarnado em 1934, veio a fazer parte da equipe de Emmanuel, aquela que planejou e inspirou todo o trabalho missionário de Francisco Cândido Xavier, o Chico. Tornou-se conhecido no Movimento Espírita Internacional, através de diversos títulos publicados pela Federação Espírita Brasileira, dentre eles: “Brasil, Coração do Mundo, Pátria do Evangelho” e “Boa Nova”.

Hoje, o AEAK, nesses três anos e meio de existência, encontra-se com um número maior de associados, administradores e amigos. E segue firme na sua missão de divulgação do Espiritismo através de palestras, estudos doutrinários, assistência espiritual e social. Pela atitude acolhedora e fraternal, vai semeando sempre, nos corações dos frequentadores e seus familiares, o Bem legítimo, aquele que promove pelo exemplo, a reforma dos sentimentos e, com ela, a evolução espiritual.

Quatro anos e meio de atividades e dedicação sincera são minúsculos pontos quase despercebidos no calendário humano. Mas quatro anos e meio de trabalho e perseverança no Bem, são marcas indeléveis no Grande Relógio do Destino! 

Humberto de Campos